Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Obaldoui

Onde se fabrica o pensamento

Obaldoui

23
Jan19

Violência policial em bairro de betos

Restelo, 18h. Santiago sai do externato “As Descobertas” e à sua frente as suas duas colegas de turma, Loti e Nonô, trocam insultos.

Santiago aproxima-se. “Mandaste um Instadirect ao Duarte, quando sabes que nós estivemos juntos na festa do Valssassina. És uma falsa!”, diz Loti.

 

“Cala-te, suja! Tu disseste que deram só um bate-chapas e que ele disse que não estava interessado em ninguém”, responde Nonô. “Eu já ia com a família dele para a Serra Nevada! Estragaste tudo!”, Loti dá um estalo a Nonô.

 

(...)

 

“Vou chamar os meus amigos do CDUL”, diz Nonô. Envia uma mensagem de voz para o grupo “Filhos dos Que Mandam Nesta Merda Toda” no Whatsapp e passado vinte minutos, treze jovens praticantes de rugby, de 15 anos com corpo de 24, alinham-se à frente do exclusivo externato.

 

A tensão sente-se no ar. Intimidada, Loti liga aos seus amigos da Orquestra Metropolitana, que, não sendo tão corpulentos, podem ainda assim defendê-la através do arremesso de oboés e harpas. Passa um quarto de hora e 30 jovens, divididos entre gangues betos rivais, encaram-se de forma ameaçadora.

Teme-se o pior.

Manuel Cardoso @ 24.sapo.pt

O que procuras?

Sigam-me

Debaixo da asa

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.