Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Obaldoui

Onde se fabrica o pensamento

Obaldoui

25
Nov18

Amor: vende-se

Nos tempos idos, as pessoas encontravam-se, conheciam-se e apaixonavam-se. E, se isso não acontecesse, amigos, vizinhos, familiares, tomavam para si o papel de casamenteiros.

O amor não se vendia, conquistava-se.

Aplicações, programas e empresas colocam agora o amor à venda, transformando-o num negócio que se serve da solidão das pessoas para aumentar as vendas.

Não será um algoritmo, a análise de testes psicológicos ou um match matematicamente perfeito que nos dará o amor. Vivemos tão encarcerados na nossa própria individualidade que não estamos dispostos a ceder um milímetro que seja para dar e receber. 

Não há falta de amor.

Há falta do saber amar.

O que procuras?

Sigam-me

Debaixo da asa

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.